Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

As Monarquias - Monarquia da Grécia

23.02.15, Blog Real

belgaimage_74520194_preview_watermark.jpg

5022322347_4a6b76303f_z.jpg

A Monarquia da Grécia foi um estado estabelecido em 1832 na Conferência de Londres pelas Grandes Potências (Reino Unido, França e Império Russo). Foi reconhecido internacionalmente no Tratado de Constantinopla onde também garantiu a independência do Império Otomano, tornando-se o primeiro estado grego completamente independente desde a queda do Império Bizantino às mãos dos Otomanos em meados do século XV. Passou por governos provisórios da Guerra da Independencia Grega e durou até 1924, quando a monarquia foi abolida pela primeira vez e a Segunda Républica Helena declarada. O reino foi restabelecido em 1935 e durou até 1974 quando, após uma ditadura de sete anos, a actual Terceira Republica foi instaurada.

Após a deposição do rei Oto em 1862, foi eleito o príncipe Guilherme da Dinamarca de dezassete anos para governar a Grécia como monarca constitucional, passando a ser conhecido por George I. Reinou durante cinquenta anos e o seu reinado é conhecido por ter alargado as fronteiras gregas (após a sua ascensão ao trono a Grã-Bretanha cedeu as Ilhas Jónicas à Grécia), pelo progresso económico e pelo reconhecimento de que o líder do governo devia ser aquele que obtivesse mais votos da população e não o homem que mais agradasse ao rei. Contudo, Jorge não deixou de ser bastante activo politicamente. Foi assassinado em 1913 em Salónica que tinha sido recentemente anexada à Grécia como resultado da vitória da Liga Balcânica, da qual a Grécia fazia parte, na Primeira Guerra dos Balcãs.

O rei Jorge I foi sucedido pelo seu filho mais velho, o rei Constantine I que se tinha destacado como líder militar na demanda grega para acrescentar território aos seus domínios. Tinha sido educado na Alemanha e era casado com a princesa Sofia da Prússia, irmã do kaiser Wilhelm II. Constantine era considerado pró-germânico, uma posição oposta à do ministro Elefthérios Venizélos que apoiava a Tríplice Entente. O facto de o rei ter feito os possíveis para manter o seu país neutro durante a Primeira Guerra Mundial alimentaram ainda mais estas suspeitas. As potências da Tríplice Entente apoiavam Eleftherios Venizelos e, após uma altura conhecida como Cisma Nacional, onde foram estabelecidos dois governos distintos em Atenas e Salónica, a Grécia juntou-se à Entente e o rei Constantino foi forçado a abdicar em favor do seu filho mais velho, Alexander, em 1917. A Grécia foi recompensada pelo seu apoio do lado vitorioso com territórios na Ásia Menor, incluindo Esmirna. O rei Alexander morreu em 1920 de uma dentada de macaco e o seu pai regressou à Grécia como rei. Depois da desastrosa Guerra Greco-Turca de 1919-1920, o rei Constantine foi novamente deposto e exilado na Sicília.

O rei Constantine foi sucedido pelo seu segundo filho, o rei George II, que deixou o país em 1924, quando a Segunda República Helénica foi declarada. Em 1935 houve outro golpe militar liderado pelo general Georgios Kondylis que aboliu a república e encenou um plebiscito onde foi aprovada a restauração da monarquia. O rei George II regressou ao país onde se tornou um apoiante activo do regime ditatorial de Metaxas. Durante a invasão alemã da Grécia em 1941 na Segunda Guerra Mundial, George fugiu com o governo para o Egipto, regressando depois à Grécia em 1946, governando até à sua morte no ano seguinte.

Constantine+II+Wedding+Prince+Guillaume+Luxembourg

O rei George foi sucedido pelo seu último irmão, o rei Paul, que reinou de 1947 até à sua morte em 1964. O seu filho, o rei Constantine II, foi rei até ser exilado depois de um contra-golpe falhado contra a junta militar em Dezembro de 1967. A junta nomeou um regente ilegal para substituir o rei e eventualmente encenou um plebiscito cuidadosamente controlado em 1973 que levou à abolição ilegal da monarquia. Georgios Papadopoulos tornou-se presidente da Grécia no dia 1 de Junho de 1973.

O reinado da junta militar acabou efectivamente no ano seguinte, mas o rei Constantino II não foi restaurado ao trono. A questão da sua restauração foi resolvido por outro plebiscito em Dezembro de 1974 onde 69% da população grega votou a favor da abolição da monarquia.

Celebrações do centenário da monarquia grega em 1963

Linha de Sucessão:

01.jpg

A linha de sucessão ao trono grego é definida por uma prática hereditária, dando preferência aos membros do sexo masculino e a idade. Os filhos varões têm preferência sobre todas as filhas varoas, e os mais velhos têm preferência sobre os mais novos (do mesmo sexo).

Os Palácios:

40184962.jpg

 A Família Real Grega tinha à sua disposição vários palácios. A Família Real residia na maioria do tempo no Palácio de Tatoi.

5022322347_4a6b76303f_z.jpg

Cermitério Real de Tatoi:

O Cemitério Real de Tatoi está localizado no extremo sul da propriedade, em uma grande área arborizada.

Um mausoléu foi construído para abrigar os corpos do Rei Constantino I da Grécia, de Sofia da Prússia e de Alexandre I da Grécia. Os membros restantes são enterrados com cruzes perto da Capela Real.

 Títulos:

Os Monarcas da Grécia tem o titulo de "Rei da Grécia" ou de "Rei dos Helenos".

Família Real Grega:

377491_1974637104330_1795149772_1308343_1647618400

A Família Real Grega descende diretamente da Casa de Schleswig-Holstein-Sonderburg-Glücksburg, da Alemanha. O primeiro monarca desta casa foi George I, filho de Christian IX da Dinamarca. Geralmente, quase todos os membros da Família Real Grega, exceto o rei e a rainha, recebiam os títulos de Príncipe (Princesa) da Grécia e Dinamarca e o tratamento de Sua Alteza Real, como é o caso do atual Duque de Edimburgo.

  • SM o Rei Constantine II da Grécia, Príncipe da Dinamarca
  • SM a Rainha Anne-Marie da Grécia, Príncesa da Dinamarca
    • SAR a Princesa Alexia da Grécia e Dinamarca
    • SAR Pavlos, Príncipe Herdeiro da Grécia, Príncipe da Dinamarca
    • SAR Marie-Chantal, Princesa Herdeira da Grécia, Princesa da Dinamarca
      • SAR a Princesa Marie-Olympia da Grécia e Dinamarca
      • SAR o Príncipe Constantine Alexios da Grécia e da Dinamarca
      • SAR o Príncipe Achileas-Andreas da Grécia e da Dinamarca
      • SAR o Príncipe Odysseas-Kimon da Grécia e da Dinamarca
      • SAR o Príncipe Aristide Stavros da Grécia e da Dinamarca
    • SAR o Príncipe Nikolaos da Grécia e Dinamarca
    • SAR a Princesa Tatiana da Grécia e da Dinamarca
    • SAR a Princesa Theodora da Grécia e da Dinamarca
    • SAR o Príncipe Philippos da Grécia e da Dinamarca

Restante Família:

  • SM a Rainha Sofia de Espanha
  • SAR a Princesa Irene da Grécia e Dinamarca
  • SAR o Príncipe Michael
    • Marina, consorte do Príncipe Michael
  • Princesa Alexandra, Senhora Mirzayantz
  • SAR a Duquesa de Apulia
  • SAR o Príncipe Michael da Grécia e Dinamarca

Site Oficial: http://www.greekroyalfamily.gr/

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.