Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

Famílias Reais lamentam a morte da rainha Fabíola

06.12.14, Blog Real

fabiola--a.jpg

A família real espanhola foi das primeiras a lamentar a morte da rainha Fabíola da Bélgica. Felipe e Letizia, por um lado, e Juan Carlos e Sofia, por outro, enviaram os seus telegramas de pêsame aos Reis dos Belgas por a morte da rainha Fabíola. 

felipes-letizia-matilde--a.jpg

Felipe e Letizia e Juan Carlos e Sofia enviaram coroas de flores para Bruxelas. Também lamentaram a morte da rainha Fabíola no twitter.

 

Bélgica presta homenagem à rainha Fabíola

06.12.14, Blog Real

fabiola--a.jpg

O funeral nacional da rainha Fabíola da Bélgica, falecida sexta-feira à noite, acontecerá na próxima sexta em Bruxelas, enquanto um luto nacional de uma semana foi decretado pelo governo.

Neste sábado, a Bélgica homenageava a rainha, morta aos 86 anos, com expressões de carinho da população e de vários líderes, que destacaram seu lado humano.

O palácio real indicou que o "funeral de Sua Majestade a Rainha Fabíola acontecerá sexta-feira, 12 de dezembro de 2014, às 10H00 na catedral de São Miguel e Santa Gudula em Bruxelas".

O funeral será nacional, segundo o primeiro-ministro belga Charles Michel.

Por indicação do rei Filipe, sobrinho de Fabíola, um luto nacional foi decretado neste sábado até o dia 12. As bandeiras serão hasteadas a meio mastro nos prédios públicos, e as prefeituras do país poderão abrir livros de condolências.

Além disso, o corpo de Fabíola será levado na terça-feira ao palácio real de Bruxelas, onde a população poderá prestar uma última homenagem à rainha quarta e quinta-feira, segundo anunciou o palácio.

"A Bélgica perdeu uma grande rainha, uma rainha de amor, uma rainha branca, uma rainha dos corações", escreveu o jornal "La Libre Belgique" em seu editorial. Muito católica, ela decidiu vestir branco no funeral de Balduíno. A imagem comoveu o mundo.

"A França conservará da rainha Fabíola a memória de uma grande dama que, com seu marido o Rei Balduíno, não deixou de se envolver com os mais fracos e mais vulneráveis", disse o presidente francês, François Hollande, neste sábado.