Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

Blog_Real - O Blog das Monarquias

Siga as actividades da realeza e fique a conhecer melhor as monarquias da Europa e do Mundo.

O que vai acontecer na realeza em 2013?

31.12.12, Blog Real

2013 vai ser um ano recheado de acontecimentos importantes na realeza europeia. Com vários casamentos e nascimentos reais.

Na Suécia teremos o casamento da princesa Madalena com Chris O´Neill. O casamento irá realizar-se dia 8 de junho de 2013.

Na Suécia teremos ainda o jubileu dos 40 anos de reinado do rei Carl XVI Gustaf. As celebrações irão contar com palestras, noites temáticas, shows, espetáculos de teatro, concertos e atividades para crianças. Saiba tudo aqui: http://blog_real.blogs.sapo.pt/111030.html .

No Mónaco Andrea Casiraghi, filho mais velho da princesa Carolina, e a sua noiva, Tatiana Santo Domingo, serão pais do primeiro bebé que formará a terceira geração da família real monegasca. O noivado já foi anunciado e aguarda-se o enlace.

O nascimento do filho dos principes William e Kate é o acontecimento mais aguardado para 2013. Ao que tudo indica, a duquesa de Cambridge dará à luz no final da Primavera. O bebé, seja rapaz ou rapariga tornar-se-á no terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, a seguir ao príncipe Carlos de Gales e ao príncipe William.

No Luxemburgo teremos o casamento do príncipe Félix com Claire Lademacher. Eles ficaram noivos no final deste ano.

Especial Coroações: Reino Unido

30.12.12, Blog Real

A coroação do monarca britânico é uma cerimônia na qual o monarca do Reino Unido é coroado e investido na regalia. Ela corresponde às antigas cerimônias de coroação de monarquias na Europa que foram pouco a pouco substituídas por inaugurações ou entronizações.

A coroação geralmente ocorre vários meses após a morte do monarca anterior, pois é considerada como uma ocasião de alegria, que seria inapropriada quando o luto ainda continuasse. Isso também dá aos planejadores tempo suficiente para completar os arranjos necessários. Por exemplo, a Rainha Elizabeth II foi coroada em 2 de junho de 1953, apesar de ter aderido ao trono em 6 de fevereiro de 1952, no instante em que seu pai morreu. A Lei estabelece que o trono britânico não pode ficar vago, e o novo monarca sucede o antigo imediatamente.

A cerimônia é realizada pelo Arcebispo de Cantuária, o clérigo mais graduado da Igreja da Inglaterra. Outros clérigos e membros da nobreza também têm papéis; a maioria dos participantes da cerimônia é obrigada a usar uniformes ou vestes cerimoniais. Além da participação de outros funcionários do governo e convidados presentes, incluindo representantes de países estrangeiros.

Coronation-Queen-in-Abbey-608

article-2152950-135F1390000005DC-103_964x705

Os elementos essenciais da coroação permaneceram praticamente inalterados durante os últimos mil anos. O soberano é apresentado pela primeira vez, e aclamado pelas pessoas. Ele ou ela, em seguida, faz um juramento de defender a lei e a Igreja. Depois disso, o monarca é ungido com óleo, coroado, e investiu com a regalia, antes de receber as homenagens à sua pessoa. As coroações britânicas ocorrem na Abadia de Westminster.

Roupas

Vestes do Soberano

O Soberano veste uma variedade de roupas diferentes e outras peças durante o curso da cerimônia:

  • Crimson surcoat (Túnica carmesim)- roupa regular durante a maior parte da cerimônia, usado em todas as outras vestes. Em 1953, Elizabeth II usava um vestido feito recentemente no lugar de uma túnica.
  • Robe of State of crimson velvet ou Parliament Robe (veste de Estado de veludo carmesim ou veste do Parlamento - manto usado pela primeira vez em uma coroação, usado na entrada para o Abbey e depois nas Aberturas do Parlamento. Consiste de uma capa de arminho e um longo trem de veludo carmesim forrado de mais arminho e decorado com laço de ouro.
  • Anointing gown (Veste da Unção) - uma veste simples e austera usada durante a unção, de cor branca e lisa, que não tem qualquer decoração e é presa pela parte de trás.
  • Colobium sindonis ("shroud tunic") Colobium sindonis ("túnica de mortalha") - o primeiro manto com o qual o soberano é investido. É uma roupa de baixo branca de pano de linho fino afiada com uma borda de renda, aberta nas laterais, sem mangas e com um corte baixo no pescoço. Ele simboliza a derivação de autoridade real do povo.
  • Supertunica- segundo manto com o qual o soberano é investido. É um longo casaco de seda de ouro que chega aos tornozelos e possui grande fluxo nas mangas. É forrado com seda cor-de-rosa, enfeitado com rendas de ouro, tecida com símbolos nacionais e preso por um cinto espada. Ela deriva do uniforme de gala de um cônsul do Império Bizantino.
  • Robe Royal ou Pallium Regale (Robe Real ou Pálio Regale) -. Manto principal usado durante a cerimônia e utilizados durante a coroação. É um manto de quatro quadrados, forrado de seda carmesim e decorados com coronéis de prata, símbolos nacionais e imperial em prata e águias nos quatro cantos. É o leigo, ao invés de litúrgico, na natureza.
  • Stole Royal ou armilla (Roubou Real ou Armilla) - Um lenço de seda de ouro, que acompanha o Robe Real, ricamente bordado com fios de ouro e prata, possuindo um conjunto de jóias e forrado com seda cor-de-rosa e franjas de ouro .
  • Purple surcoat (Túnica roxa)- A contrapartida a túnica vermelha, usado durante a parte final da cerimônia .
  • Imperial Robe of purple velvet (Robe Imperial de veludo roxo)- o manto usado na conclusão da cerimônia, na saída do Abbey. É composto por uma capa de arminho bordado com uma lista de veludo de seda roxa, enfeitadas com arminho canadense e totalmente forrado com cetim de seda puramente Inglesa. O roxo lembra as vestes imperiais dos imperadores romanos.

    Em contraste com a história e a tradição que cercam as Jóias da Coroa do Reino Unido, é habitual que a a maioria das vestes de coroação sejam recém-feitos para o monarca. As exceções são a Supertunica e o Robe Real, que data da Coroação de George IV em 1821.

35375

ap5306020594

4001064-4x3-940x705

107655125_Balcony_0_302212b

wpt_1362761887

Traje Oficial

Vários participantes da cerimônia usam trajes especiais, uniformes ou roupas. As Vestes dos pariatos compreendem em um longo casaco de veludo carmesim, e uma capa de arminho. Linhas de manchas na capa designam a classificação do pariato; duques utilizam quatro linhas, marqueses três e meio, condes três, viscondes dois e meio, e os barões e senhores do Parlamento dois. Os duques Reais usam seis fileiras de arminho. As listas das pariatas são designados não por pontos nas capas, mas pelo comprimento de suas linhas no arminho. Para duquesas, as linhas são de dois metros (2 m) de comprimento, para marquesas um e três quartos de metros, para condessas um metro e meio.

800px-Victoria_in_her_Coronation

images (1)

149232

Coronation-King-George-and-Queen-608

Coroas e diademas

crown

Os nobres usam coroas ou diademas, assim como fazem a maioria dos membros da Família Real; tais coroas mostram emblemas heráldicos com base na posição ou na associação do nobre para com o monarca. O herdeiro aparente da coroa exibe quatro cruzes-Pattee alternados com quatro flores-de-lis encimados por um arco. O mesmo estilo, sem o arco, é usado para os filhos e irmãos do Soberanos. Os coronéis das crianças do herdeiro aparente exibem quatro flores-de-lis, duas cruzes-Pattee e duas folhas de morango. Um outro estilo, incluindo quatro cruzes-Pattee e quatro folhas de morangueiro, é usado pelos filhos dos filhos e irmãos do Soberano. Os coronéis acima mencionados são independentes de qualquer grau de nobreza pariatrica. As coroas de duques mostram oito folhas de morango, os marqueses quatro folhas de morango alternados com quatro bolas de prata, os condes possuem oito folhas de morango alternadas com oito bolas de prata, os viscondes dezesseis bolas de prata e os barões seis bolas de prata. As mulheres da nobreza usam o mesmo desenho, só que no delas aparecem na em versões menores.

Outros participantes

Juntamente com pessoas da nobreza, as cerimónias de coroação também são assistidos por uma ampla gama de figuras políticas, incluindo o primeiro-ministro do Reino Unido e todos os membros do Gabinete Oficial, todos os Governadores-Gerais e primeiros-ministros da Commonwealth, todos os governadores das colônias da coroa britânica, bem como os Chefes de Estado das nações dependentes. Dignitários e representantes de outras nações também são habitualmente convidados.

Príncipe Hisahito vai começar a escola na primavera mas quebra tradição

30.12.12, Blog Real

O príncipe Hisahito, terceiro na linha de sucessão no Japão, vai começar a escola na primavera. Seus pais, o príncipe Akishino e a princesa Kiko, decidiram que o seu filho não não vai frequentar a Escola Primária Gakushuin, que é a escola que os membros da realeza por tradição costumam frequentar. Hisahito quebra essa tradição, e vai frequentar uma escola primária, que é anexada ao Ochanomizu University, em Tóquio. O anúncio foi feito pelo tribunal no Japão pouco antes do Natal.

Pág. 1/10